Assinar lista de notícias | Redes sociais:


Histórico: O nascimento da RoboCup Federation


Na história da inteligência artificial (IA) e robótica, o ano de 1997 será lembrado como um ponto de ruptura. Em maio de 1997, o IBM Deep Blue derrotou o campeão mundial de xadrez, Garry Kasparov. Os 40 anos de desafio da comunidade de IA chegavam ao fim, e um novo desafio era necessário.

Kasparov x Deep Blue
Garry Kasparov x IBM Deep Blue, 1997.

A idéia de robôs que jogam futebol foi proposta pela primeira vez pelo professor Alan Mackworth (Universidade de British Columbia, Canadá), em seu artigo On Seeing Robots, mais tarde publicado em um livro Computer Vision: System, Theory, and Applications, pg. 1-13, World Scientific Press, Cingapura, 1993. Independentemente, um grupo de pesquisadores japoneses organizou um workshop sobre os grandes desafios em IA, em outubro de 1992, em Tóquio, discutindo possíveis novos desafios para a área. Este workshop levou às primeiras discussões sérias sobre usar o futebol para a promoção da ciência e tecnologia. Estudos de viabilidade da tecnologia, avaliação de impacto social e estudo de viabilidade financeira foram realizados. As primeiras regras foram elaboradas, bem como o desenvolvimento de protótipos de robôs e sistemas de simulação de futebol. Como resultado desses estudos, concluiu-se que o projeto era viável e desejável. Em junho de 1993, um grupo de pesquisadores, incluindo Minoru Asada, Yasuo Kuniyoshi e Hiroaki Kitano, decidiu lançar uma competição de robótica, provisoriamente chamada J-League (nome da recém-criada liga japonesa de futebol profissional). Em menos de um mês, o grupo tinha recebido reações esmagadoras de pesquisadores de fora do Japão pedindo que a iniciativa fosse ampliada para um projeto conjunto internacional. Assim, o nome do projeto foi alterado para Robot Cup Initiative, ou RoboCup.

Concomitante a esta discussão, vários outros pesquisadores já iniciavam o uso do futebol como plataforma para suas pesquisas. Por exemplo, Itsuki Noda, no ElectroTechnical Laboratory (ETL), centro de pesquisa do governo do Japão, conduzindo pesquisas multi-agentes começou a desenvolver um simulador dedicado para jogos de futebol. Este simulador mais tarde se tornaria o servidor de futebol oficial da RoboCup. De forma independente, o professor Minoru Asada em seu laboratório na Universidade de Osaka, e a Professora Manuela Veloso e seu aluno Peter Stone na Universidade Carnegie Mellon, EUA, estavam também trabalhando em robôs jogadores de futebol.

Em setembro de 1993, o primeiro anúncio público da iniciativa foi feito, e regras específicas foram elaboradas. As discussões sobre as organizações e outras questões técnicas foram realizadas em várias conferências e workshops, incluindo o AAAI-94 (Association for the Advancement of Artificial Intelligence), o Simpósio da JSAI (Japanese Association for Artificial Intelligence), e reuniões de várias sociedades de robótica.

Enquanto isso, a equipe de Noda da ETL anunciou a versão do servidor do futebol (versão LISP), o primeiro simulador aberto para o domínio do futebol permitindo pesquisas de sistemas multi-agentes, seguido pela versão 1.0 do servidor de futebol (versão em C++), que foi distribuída via web. A primeira demonstração pública deste simulador foi feito na IJCAI-95 (International Joint Conference on Artificial Intelligence).

Durante a IJCAI-95, realizada em Montreal, Canadá, em agosto de 1995, o foi feita a chamada para a organização do First Robot World Cup Soccer Games e Congressos associados em conjunto com IJCAI-97 em Nagoya, Japão. Ao mesmo tempo, iniciou-se a organização do Pré-RoboCup-96, a fim de identificar os problemas potenciais associados com a organização RoboCup em grande escala.

A Pré-RoboCup-96 foi realizada durante o International Conference on Intelligence Robotics and Systems (IROS-96), em Osaka, 1996, com oito equipes competindo em uma liga de simulação e demonstração de robô real para a liga tamanho médio. Embora em escala limitada, esta competição foi a primeira competição com jogos de futebol para a promoção de pesquisa e educação. A primeira RoboCup foi realizada em 1997 com grande sucesso. Mais de 40 equipes participaram das ligas reais e simuladas, com a presença de mais de 5.000 espectadores.

RoboCup Nagoia
RoboCup Nagoia
I RoboCup, Nagoya, Japão, 1997. From: ASADA, Minoru; KITANO, Hiroaki. The RoboCup Challenge. Robotics and Autonomous Systems. Elsevier. Vol. 29, Isseu 1, October, pg. 3-12, 1999.